Qualidade de Som sem abrir mão do espaço

Quando deixei a Megane na SS Som para montar o sistema de áudio já avisei que não abriria mão nem da qualidade de som, nem do espaço no porta malas.

Acontece que uso este carro para trabalhar no dia a dia. Carrego amostras, faço entregas e o que mais for preciso. Além disso, gostaria de mostrar que não é preciso acabar com o porta malas para se ter um bom sistema de som.

O projeto é bem simples e praticamente segue a receita de “como fazer um upgrade de som” já passada aqui no Nick Boom Club. Mudei apenas o kit dianteiro por um kit componente 525 CS2 devido ao encaixe no local original da porta. A ideia era preservar a aparência original do carro.

O rádio original foi substituído por um DVD Pioneer, e para isso foi necessário usar uma moldura de acabamento. Também tivemos que fazer uma adaptação. Instalamos o rádio original no porta luvas para manter o display do painel funcionando.

Para ajudar no palco sonoro (num sistema de qualidade buscamos ter a impressão de que existe um palco em cima do painel) modificamos as colunas, direcionando o tweeter para os passageiros. Como não é um carro de campeonato, não focamos apenas no motorista.

Para terminar, usamos a mesma receita do Gol Power do outro post, subwoofer de 10″ numa caixa selada de 20 litros e um rack para o amplificador Rockford Fosgate da serie Punch. Pode parecer pouco se comparado com o tamanho do carro, mas posso garantir que é suficiente para preencher todo o volume da perua.

Este projeto simboliza bem o conceito de som da NAR Áudio, simplicidade e desempenho. Um sistema simples. Preserva ao máximo as características originais do carro e muita definição de som. Um sistema equilibrado e que toca muito bem qualquer tipo de música.

Deixe uma resposta